7 de jun de 2011

O bicho

Dói
E já é sabido de outras dores
Tão doídas quanto
Que não deveria tanto doer assim

Mas dói
E rasga a carne, engole o músculo
Congela o peito
D'um jeito tão, enfim

Ao menos para mim
Se perguntarem do amor
Direi: amar é assim
Gostar de sentir dor

6 comentários:

Vanessa disse...

Já dizia o poeta que amor "É ferida que dói não se sente".
Gostei muito.

Iô Vieira disse...

Compartilho da mesma opinião...

Gostei do texto.

Luíza Luar disse...

muitas vezes o nosso amar é não saber amar.

malisr disse...

Amor dói, mas não faz sofrer. Faz sofrer quando parmos de sentir, eu acho.

Gostei mt.

malisr disse...

Escrevi há um tempo uma carta que caminha por aí, ¬26. Busca lá se quiser. ;-)

Lidiany Schuede disse...

Curioso amor... http://www.amesintasonhe.blogspot.com.br/2011/08/apenas.html
:)