8 de abr de 2011

Bonita

Eu te conheci, então. Você chegou; com o mesmo olhar que fez despertar em mim esse afeto desmedido e com o qual eu esperava que você chegasse há tanto tempo. Agora, você está aqui. E os meus olhos já não te procuram mais em todas as esquinas da cidade. Eu sei onde encontrá-la. Aqui, bem aqui. E todo meu ar se liberta em suspiros gargalhados e canções afetadas quando minha pele, ao lado da tua, sorri. E eu rio. E você ri. E a felicidade não se importa em ficar..

2 comentários:

Lii Schuede disse...

Que delícia essa felicidade...!

moga :) disse...

Alonso!
Consegui voltar a visitar teu blog mais seguido. ahauhau Hoje resolvi comentar.
Tu escreve tão bem, como disse a guria que comentou antes aqui..felicidade contagia, e tu conseguiu passar isso em tão pouco espaço. Demais!