12 de fev de 2011

Dor no peito

Eu te perdi, eu me perdi, eu perco tudo desde que eu me conheço por gente. Perco coisas, pessoas, oportunidades. Faz parte da minha natureza. Comecei perdendo meu pai, antes de completar dois anos de idade. De lá pra cá, a minha vida tem sido uma sucessão de derrotas marcantes. Tenho inveja desses vencedores que vivem a sorrir, que ganham em tudo, bem-sucedidos, bem-amados, realizados. De todos os sonhos que eu carregava no peito, o último acaba de se afogar em lágrimas dolorosas e pesadas que choveram sobre mim. Hoje eu acordei, abri a janela e o sol quase me cegou. Até ele, o grande sol, perdeu a paciência comigo. Ele, que ilumina a todos, todos os dias, hoje me queimou os olhos sem piedade como nunca havia feito antes. Eu não sei para onde ir, por que ir, como ir. É possível caminhar sem sonhos? É possível sonhar sozinho?

2 comentários:

Monalisa Marques disse...

Eu tenho um "problema" muito sério que, se comparado ao de outras pessoas, vira uma piadinha de elevador. Mas pra mim ele é sério, o suficiente pra me fazer perder minhas vontades e abandonar meus sonhos.
Há pouco tempo, pouquinho mesmo, no entanto, eu descobri que toda pessoa tem um problema sério que, pra mim, parece um petiscozinho de bar. Até aquelas que não tem com certeza os tem, só que sabem lidar com eles.


Perceber isso é uma dádiva. Fez meus sonhos voltarem como... como meus sonhos voltando mesmo.

Lii Schuede disse...

Sabe, eu acho que você poderia ver esse Sol cegando seus olhos de uma forma diferente!
Ele devia estar ali falando: acorda! Olha quantas coisas bonitas a vida pode te oferecer, e quantas coisas boas você pode conquistar!
Não lembre só de suas perdas... Lembre também das consquistas que você obteve, e que te fizeram ser o que é hoje!

“Sem um esforço tenaz, os sonhos terminarão em meras fantasias. O esforço é a ponte que liga o sonho e a realidade. As pessoas que se esforçam são cheias de esperança. Isto significa que a esperança nasce do esforço. Tenham grandes sonhos e continuem avançando até onde forem capazes. Assim é a juventude.” Daisaku Ikeda

Grande beijo, querido. Não se esqueça que pessoas admiram você somente pelo fato dos sentimentos bons que transmites pelos teus lindos textos! :)