9 de fev de 2011

Bússola

Engolir pedras sem fazer careta é uma tarefa dolorosa dessas que a gente cumpre por não ter outra opção - ou por medo de atirá-las em quem não merece recebê-las. Ouvi uma amiga dizer que um pássaro sem asas tem de acostumar-se a viver entre as galinhas e limitar-se a sonhar, ou então, pegar um avião. Dias vazios, noites quentes e confusas. Sentimentos novos, vontades antigas. Novas saudades, velhos medos. A inquietação, se fosse ativa, chamaria-se só ação. É o desejo de apanhar um mapa e amassá-lo até que duas cidades distantes se aproximem, colem uma na outra e o meu sorriso volte a ter companhia, que me faz desnorteado assim.

Um comentário:

Monalisa Marques disse...

"A inquietação, se fosse ativa, chamaria-se só ação"

Você acabou de despertar uma coisa muito estranha em mim. Acabei de perceber que toda a minha inquietação é proveniente das minhas próprias falhas.

Ih, agora eu vou voar. =]